Uma mulher sem um brexit para resolver não quer guerra com ninguém

Durante quase três anos, enquanto Theresa May foi primeira-ministra do Reino Unido, ela foi o alvo principal da ira do país, devido à frustração generalizada com sua incapacidade de convencer os legisladores a apoiar seu acordo para a saída do Reino Unido da União Europeia.
Leia mais (09/05/2019 – 09h13)