Ouvidoria diz ter havido excesso de PMs em ação que deixou 11 mortos em SP

Relatório da Ouvidoria da Polícia de São Paulo afirma haver fortes indícios de que ao menos 4 das 11 mortes decorrentes da intervenção policial em abril deste ano, em Guararema, uma das mais letais ações da história da Polícia Militar paulista, ocorreram com os suspeitos já rendidos, ou, segundo as palavras do órgão, “sem resistência por parte das vítimas”.
Leia mais (09/13/2019 – 08h00)