‘Não tínhamos comida, então cantávamos’, diz sobrevivente do Holocausto que toca em SP

Em uma primeira conversa, não dá para saber se Saul Dreier tem uma memória privilegiada ou se ele apenas contou a mesma história diversas vezes.
Leia mais (08/13/2019 – 12h00)