Justiça da Austrália condena cardeal por abuso de dois coroinhas

Uma corte australiana considerou o cardeal George Pell, 77, tesoureiro do Vaticano e ex-conselheiro do papa Francisco, culpado em cinco acusações de crimes de pedofilia cometidos há 22 anos.
Leia mais (02/25/2019 – 22h17)