Informalidade melhora venda de supermercado e faz comércio crescer 1% em julho, diz IBGE

As vendas no comércio varejista cresceram 1% em julho de 2019 com relação a junho, informou nesta quarta-feira (11) o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística).

A alta registrada nesta quarta é a maior da Pesquisa Mensal de Comércio desde novembro do ano passado, mês em que ocorre a Black Friday. O IBGE creditou a melhora ao aumento na população ocupada e nas condições de crédito paras as famílias. 

O crescimento refletiu nos dados do comércio, segundo o IBGE. “Mesmo que seja crescimento em postos informais, as pessoas passaram a trabalhar. Isso tem impacto nas vendas de hipermercados, que é uma atividade básica”, disse a gerente da pesquisa, Isabella Nunes. O setor cresceu 1,3% no período. 

No fim de agosto, o IBGE havia divulgado que a taxa de desemprego recuou no país, mas devido à criação de vagas no mercado informal, que bateu novo recorde. O número de empregados sem carteira assinada atingiu 11,7 milhões no trimestre encerrado em julho, enquanto os trabalhadores por conta própria chegaram a 24,2 milhões. 
Leia mais (09/11/2019 – 10h46)