Fila de 63 horas para CPI em Assembleia de SP incluiu ‘medo de soneca’

Assessores que se revezaram por 63 horas em um dos corredores da Assembleia Legislativa de São Paulo viveram um clima amistoso e tenso ao mesmo tempo. Amistoso porque muitos servidores da Casa se conhecem e passaram o tempo papeando entre si, até em clima de brincadeira.
Leia mais (03/18/2019 – 20h06)