Repórteres analisam julgamento no STF e situação de Lula; ouça

O julgamento sobre a constitucionalidade da prisão logo após a segunda instância teve nesta quinta-feira (24) o voto mais esperado da sessão. A ministra Rosa Weber se posicionou contrariamente, indicando que deve haver mudança de entendimento no Supremo. Atualmente, a corte compreende que não é necessário esperar o trânsito em julgado (quando se esgotam os recursos) para que um condenado seja preso.
Leia mais (10/25/2019 – 05h00)