Professor da USP volta a elogiar a ditadura em sala de aula e estudantes protestam  

O Centro Acadêmico 11 de Agosto, da Faculdade de Direito da USP, divulgou uma nota de repúdio às recentes declarações pró-ditadura militar e contra a população LGBT que o professor associado Eduardo Lobo Botelho Gualazzi divulgou em texto durante aula inaugural de seu curso “Direito Administrativo Interdisciplinar”, na segunda (25).
Leia mais (02/26/2019 – 13h10)