Justiça manda soltar corretor acusado de matar policial aposentado

A Justiça revogou na noite desta quarta-feira (23) a prisão do corretor de imóveis Guilherme Mendonça de Matos, 33 anos, acusado de matar com quatro tiros um policial civil aposentado de 79 anos, no último dia 6, em Cidade Dutra (zona sul da capital paulista). Ele estava detido desde o último dia 17, quando foi preso em cumprimento a mandado de prisão temporária de 30 dias. 
Leia mais (10/23/2019 – 23h05)