Justiça condena SBT a indenizar em R$ 30 mil cadeirante por atitude discriminatória

O SBT foi condenado a indenizar em R$ 30 mil uma mulher cadeirante por não ter dado condições para ela participar do programa Roda Roda Jequiti para o qual tinha sido convidada. A 22ª Câmara de Direito Privado do Tribunal de Justiça de São Paulo considerou a conduta da emissora discriminatória.
Leia mais (10/30/2019 – 08h39)