Humanos fantásticos – Parte 4

Saindo praticamente fugidos do artesanato ostensivo da casa/ateliê de Luís, na rua demos de cara com Jarbas, um artesão com uma ferida horrível na mão e unhas imundas onde ele testava pessoalmente as lixas que tentou nos vender. Aproveitamos a situação para conseguir ajuda na nossa busca pelo(s) último(s) hippie(s), o que ele prontamente lincou ao pescador local que namorou Janis Joplin, mas que agora morava num acampamento do MST a 50 km dali, tendo ficado “meio doido”, além de casado com uma mulher que não gostava de gente perguntando sobre Janis Joplin. Percebendo que a sensatez não era obstáculo suficiente para nos deter, fomos convidados para conversar em sua casa.
Leia mais (04/22/2019 – 02h00)