Farmacêutica que pesquisa vacina com Oxford diz esperar primeiros resultados de estudos já em outubro

A vacina em desenvolvimento pela Universidade de Oxford e a farmacêutica britânica Astrazeneca deve ter resultados preliminares da última etapa de estudos entre outubro e novembro desse ano, disse nesta segunda-feira (29) a diretora-médica da empresa no Brasil, Maria Augusta Bernardini.
Leia mais (06/29/2020 – 21h14)