Ausência de rostos negros no jornalismo esportivo deveria incomodar

Para quem não sofre do novo tipo de “daltonismo” inventado pelo presidente da República, é inegável que vivemos ainda em 2020 numa sociedade racista. E se restasse qualquer dúvida, o próprio 20 de novembro deste ano veio escancarar isso logo nas primeiras horas do dia, com o assassinato brutal de João Alberto Silveira Freitas em Porto Alegre.
Leia mais (11/23/2020 – 18h00)